Cobra Kai: Vale a pena assistir!

Quando você pensa em “filmes inspiradores dos anos 80 com uma montagem matadora”, The Karate Kid vem à mente, imediatamente.

Mas para onde foram as vidas de Danny e Johnny desde o pontapé, há 34 anos?

Nós descobrimos em Cobra Kai , uma série produzida, originalmente, para o YouTube, mas agora disponível, na plataforma Netflix.

A série é estrelado por William Zabka e Ralph Macchio, nos papéis que tornaram os dois famosos.

Isso nos faz ansiar pelo filme original ou ficar por conta própria?

Um flashback do Campeonato Sub-18 All Valley Karate, em 19 de dezembro de 1984.

O atual campeão, Johnny Lawrence (William Zabka) enfrenta o azarão e ex-saco de pancadas, Daniel LaRusso (Ralph Macchio).

Você sabe o que acontece: Johnny varre a perna e Danny dá o chute de guindaste, encerrando a partida do campeonato.

Trinta e quatro anos após aquele torneio, vemos Johnny acordando, num apartamento decadente, em Reseda, de ressaca e deprimido, com o que sua vida se tornou.

Ele faz biscates para pessoas ricas que o tratam como lixo, é divorciado, mal conhece o filho, e, basicamente, se tornou um eremita que não quer nem falar com seu novo vizinho Miguel (Xolo Maridueña), quando o garoto se apresenta .

Não apenas isso, mas ele é, constantemente, lembrado de sua derrota, todos aqueles anos atrás, porque Danny pode ser visto “chutando preços” por toda a área de Los Angeles, em anúncios de suas concessionárias de automóveis de sucesso.

Depois de ser demitido do emprego, ele está comendo pizza, numa loja de conveniência, no estacionamento de um mini shopping, quando vê Miguel sendo intimidado, por alguns de seus colegas de escola.

Ele ignora a surra até que eles começam a jogar Miguel no precioso pássaro de fogo de Johnny.

“Você irritou o cara errado no dia errado”, diz ele antes de chutar a bunda de todas as crianças.


Depois que a polícia chega e ele é libertado da prisão, seu padrasto mal-humorado Sid (Ed Asner) tenta preencher um cheque “para comprar você fora da minha vida”.

Johnny não aceita. Miguel pede a Johnny para ensiná-lo o que ele sabe, mas tudo que Johnny diz é “pare de ser chato”.

Mais tarde, ele dirige embriagado para a arena onde teve sua maior derrota, e um bando de adolescentes, num Range Rover bate em seu Firebird e vai embora.

Por mera coincidência, seu carro é levado à concessionária de Danny, e os dois se encontram pela primeira vez, em décadas.

Danny é magnânimo e se oferece para consertar o carro de graça, mas vê que Johnny ainda está segurando o chute do guindaste.

Johnny então vê Danny abraçar sua filha e reconhece a garota da traseira do SUV que bateu em seu carro.

Essa raiva, juntamente com uma cena inspiradora de um filme antigo que ele assiste, naquela noite, incita Johnny a pegar o cheque de seu padrasto e abrir a Escola Cobra Kai Karate, com Miguel como seu primeiro aluno.

Cobra Kai vem da produtora de Will Smith e temos que dar crédito a ele, Zabka, Macchio e aos colegas EPs Josh Heald, Jon Hurwitz e Hayden Schlossberg, por virar a fórmula do Karate Kid, de cabeça para baixo.

No primeiro episódio, Johnny é o foco e ele está ajudando os intimidados a se defenderem, em vez de ser o cão alfa que às crianças estão dizendo.

É uma mistura interessante; Johnny vai transmitir o que aprendeu, que é uma filosofia agressiva e ofensiva, a crianças que foram tão pressionadas, quanto Danny no passado.

A primeira temporada já se encontra disponível, na plataforma de streaming, Netflix!

Leia também:

https://enquetepop.com/2020/08/26/assista-the-cave-da-netflix-com-cenas-emocionantes/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *