Filmes gostosinhos e fofos para você espairecer e relaxar!

Que a vida não tá fácil pra ninguém, a gente já sabe. né?

Mas calma, meu pequeno gafanhoto. Citando Hilda Hilst, “nem tudo é escuridão e morte”, e a nossa luz no fim do túnel são aqueles filmes clichês hollywoodianos.

Por mais que sejam filmes bobinhos, são horas de entreterimento puro, que vão salvar seu dia!

Esses 7 filmes de comédia vão fazer você ser feliz, pode acreditar!

Operação Cupido (1998)

Direção: Nancy Meyers

Com: Lindsay Lohan, Dennis Quaid e Natasha Richardson

Sinopse: As gêmeas idênticas Annie e Hallie (criadas separadas, uma pela mãe e outra pelo pai), por puro destino se conhecem, num acampamento e bolam um plano para que seus pais voltem a se amar.

Disponível na Prime Vídeo.

Um clássico das nossas infâncias, se você assistia bastante o Disney Channel.

Bastante divertido, a trama é muito bem contada, tendo bastante magnetismo entre os atores, com cenas divertidas.

Além de ter Lindsay Lohan pré adolescente (e pré tempos contrubados também)bem fofinha, em dose dupla.

Os efeitos especiais são muito bons, e, mesmo tendo 11 anos, dá um show de interpretação.

Como Perder um Homem em 10 Dias (2003)

Direção: Donald Petrie

Com: Kate Hudson e Matthew McConaughey

Sinopse: Um executivo publicitário e mulherengo, Benjamin Harry, para ganhar uma campanha, aposta que consegue fazer uma mulher se apaixonar por ele, em 10 dias.

Disponível na Netflix.

O que dizer? Só pela sinopse batida, já sabemos que esse é o meu e o seu futuro, guilty pleasure.

A definição mais possível e absoluta de comédia romântica boba, do início dos anos 2000.

Diverte, agrada e tem Kate Hudson no seu auge de mocinha de comédia romântica e um Matthew McConaughey pré ator de renome.

Perfeita é a Mãe 2 (2017)

Direção: Jon Lucas e Scott Moore

Com: Mila Kunis, Kathryn Hahn e Kristen Bell

Sinopse: Enquanto suas mães chegam, inesperadamente, nossas três mães subestimadas e sobrecarregadas se rebelam contra as expectativas de suas mães controladoras e neuróticas.

Disponível na Prime Vídeo.

Além de ter três atrizes adimiráveis como protagonistas, essa sequência atinge uma potência elevada por ter mais três atrizes de renome: Christine Baranski, Cheryl Hines, e Susan Sarandon, que aqui fazem as mães das mães.

Duas gerações de atrizes perfeitas, o que mais esperar?

Se você não conhece nenhuma das mais velhas, tá aqui um filme em que as três, além das nossas protagonistas, estão perfeitas. E de nada, porque você vai me agradeçer por ter te apresentado essas patroas.

Teu Nome é Mulher (1957)

Direção: Vincente Minnelli

Com: Lauren Bacall e Gregory Peck

Sinopse: Um jornalista de esporte e uma designer de moda se casam por puro impulso, depois de se conhecerem em um resort, e percebem que têm pouco em comum.

Um filme, infelizmente, esquecido no roll de clássicos de comédia romântica, de uma Hollywood extinta.

E qual seria o motivo? Não faço a menor ideia, porque isso sim é um filme engraçado, divertido e leve.

Melhor do que qualquer outra comédia romântica do seu tempo, ou depois, que, diferente desse, envelheceu mal.

Com uma trama engraçada e a frente de seu tempo, por nos entregar mulheres tridimensionais e bem longe de esterótipos que já estavam ultrapassados até na época, Teu Nome é Mulher resistiu ao tempo e permanece atual, até hoje.

Tem situações engraçadas, personagens apaixonantes e atores que nos entregam as melhores expressões faciais.

E tem Lauren Bacall em toda a sua graça e charme.

Um monumento em forma de mulher, que está divertidíssima na trama!

Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu! (1980)

Direção: Jim Abrahams, David e Jack Zucker

Com: Robert Hays, Julie Hagerty e Leslie Nielsen

Sinopse: Um ex piloto de guerra, com medo de voar, deve pousar o avião em que está, após os pilotos ficarem doentes.

Disponível na Prime Vídeo.

Um besteirol completamente maluco, satírico e engraçado.

O percursor de filmes satíricos, tirando sarro de todos os gêneros possíveis.

Basicamente, um “Todo Mundo em Pânico” de antigamente.

Os atores estão em sintonia e Leslie Nielson está impagável, no seu primeiro filme de comédia, que iria fazer mais sucesso com o gênero, posteriormente, em filmes como Corra que a Polícia Vem Aí.

Mistério no Mediterrâneo (2019)

Dirigeção: Kyle Newacheck

Com: Adam Sandler, Jennifer Aniston e Terence Stamp

Sinopse: Após um assassinato acontecer, no barco de uma família rica, um casal de férias no mediterrâneo decide investigar a causa do crime e sua família suspeita.

Disponível na Netflix.

Por ter o Adam Sandler já percebemos que vai vir pérola. E Mistério no Mediterrâneo não é diferente.

Além dele também temos Jennifer Aniston que entra total no papel, sem dificuldade nenhuma, nos rendendo cenas cômicas e cheias de magnetismo.

O casal, o plot e as cenas do mediterrâneo são o charme desse filme, que satiriza os livros de Agatha Christie, tornando o filme imperdível e espirituoso.

Ladrão de Casaca (1956)

Direção: Alfred Hitchcock

Com: Grace Kelly e Cary Grant

Sinopse: Para provar a sua inocência em roubos, com seu mesmo modus operandi, um ex ladrão de jóias trabalha contra o tempo para desmascarar o seu inimigo, na Riviera Francesa.

Disponível na Prime Video.

Adorável, encantador, espirituoso, impossível não se apaixonar por esse filme elegante e sofisticado, cujo único demérito é o “The End”, antes de acabar de vez.

Uma fotografia ótima e um jeito que só o nosso velhinho inglês, que revolucionou o jeito de fazer cinema, sabe como dirigir uma cena perfeitamente.

Além de ter personagens apaixonantes e diálogos engraçados.

Charme puro!

Uma obra de arte, com um monumento chamado Grace Kelly, que, durante a rodagem desse filme, conheceu e se apaixonou pelo príncipe de Mônaco, e, dois anos depois, se tornaria a princesa de Mônaco.

Leia também:

https://enquetepop.com/2020/08/15/garota-exemplar-o-thriller-psicologico-que-vai-te-chocar/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *